Páginas

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Cirurgia de estapedectomia do ouvido direito (Otosclerose)



Olá!! Vocês acreditam que eu já operei do ouvido direito? Como falei no último post a cirurgia seria dia 15 de julho, mas o médico adiou para dia 01 de agosto devido a um congresso que ele teve que participar. Isso foi bom, porque me restabeleci da sinusite e me preparei melhor para o grande dia.

A internação foi ao meio-dia, engraçado que mesmo já tendo passado pela cirurgia de estapedectomia do ouvido esquerdo há 4 anos, dessa vez eu estava mais ansiosa e receosa. Eu confio muito em Deus, e acredito que ele tem formas de nos prevenir de certas coisas que poderiam acontecer conosco. A cirurgia estava marcada para dia 15 de julho e a secretária do médico ligou para cancelar, fiquei chateada no dia porque estava tudo programado certinho, férias de escola da minha filha e do meu marido, e tivemos que mudar tudo de uma hora para outra.

Passando 3 dias da ligação, meu marido estava indo trabalhar depois do almoço e eu estava na garagem onde temos uma rede, olhei para ela e pensei, quando eu operar vou ficar aqui na rede, ler e usar a internet, aqui é mais quentinho. Eu já pensava isso antes, então, resolvi sentar, e quando fiz isso a rede não estava presa direito e fui para o chão, um tombo feio, pois bati a minha cabeça fortemente na porta do carro, e doeu a tarde toda. Acredito que o cancelamento da cirurgia não foi em vão, imaginem se eu tivesse operado dia 15? No dia 18 já teria perdido tudo, agradeci muito a Deus por ter cuidado de mim.

Continuando, a cirurgia foi mais ou menos as 15h, acordei na sala de recuperação com a enfermeira insistindo para eu respirar e ainda bem porque eu me peguei várias vezes apagada e acordava com a insistência dela “respira...respira”. Logo fui para o quarto, onde tudo rodava, e me lembrei da primeira cirurgia que a enfermeira me orientou a ficar com os olhos fechado que logo passaria, fiz isso e logo passou. Mesmo já tendo o ouvido esquerdo já operado eu senti diferença na audição, sons estavam ainda mais claros, passei a noite no hospital e sai no dia seguinte logo cedo.

Estou há 8 dias em recuperação fazendo o repouso necessário. É muito importante seguir as recomendações médicas corretamente, evitar movimentos bruscos com a cabeça, não molhar o ouvido, não tomar café, chocolate e chá. Sentia o ouvido tapado e tive muito mais zumbidos, mas tudo dentro do normal porque o curativo seca e tem esses sintomas. No dia 8 de agosto fui no hospital tirar o curativo, o Dr Andy fez a limpeza aspirando o ouvido, A sensação na hora que tira o curativo e aspira é um pouco desconfortável e tive um pouco de tontura.

Logo após a retirada do curativo eu ouvi tudo muito alto, a voz do médico e o barulho do aparelhinho que ele colocava no ouvido. Posso dizer que ouvi muito mais do que quando operei o ouvido esquerdo, o médico disse que é normal, preciso usar algodão pra sair na rua, e em casa estão precisando tomar cuidado porque qualquer barulho me assusta...que felicidade gente!!!

Embora eu tenha achado que algumas coisas mudaram no hospital tenho que falar que a equipe médica e os enfermeiros são pessoas muito dedicadas e estão sempre a disposição, agradeço muito.  Agradeço também a Deus que cuidou de tudo, e a minha família que me ama muito e me cuidam com muito carinho, Amo vocês!!!  ♥ 



12 comentários:

Unknown disse...

Bete, que bom ler esse post. Que sua recuperação esteja sendo fantástica. E que você esteja escutando tudinho, tudinho.
Um abraço.

Bete Maia disse...

Obrigada!!! Sim estou escutando tudinho tudinho kkk. Abraço.

Juliana Favoreto disse...

OI, Bete, estou super feliz com a sua recuperação. Já é segundo ouvido operado, é isso? Que coisa maravilhosa!! Qual foi o médico que vc operou? E onde?
Eu operei o meu ouvido esquerdo há 4 anos e meio (Policlínica de Botafogo/RJ) e a cirurgia foi muito bem sucedida, porém o meu médico faleceu e estou a procura de um outro bom profissional, capacitado para operar o meu ouvido direito.
A tensão é grande, pois como sabemos essa cirurgia é muito delicada e melindrosa.
Seu médico opera por plano de saúde (Unimed)?
Poxa, aguardo retorno. Preciso muito de ajuda. Obrigada.

Bete Maia disse...

Oi Juliana, sim é o segundo ouvido operado, o meu médico é o Dr Andy do hospital CEMA em São Paulo ele é um ótimo profissional. Vc precisa entrar no site do hospital para ver se atende o seu convênio ou ligar lá. Dia o1 de setembro faz um mês que operei e estou muito bem graças a Deus, Espero que dê tudo certo pra vc !!!

Juliana Favoreto disse...

OI, Bete, liguei para lá e marquei uma consulta para o dia 27 de setembro. Eles atendem meu plano. Agradeço a Deus por isso!! Que felicidade!!
Obrigada pelo retorno e pela ajuda!

Bete Maia disse...

Oi Juliana, que bom que conseguiu, se precisar de algo estou por aqui, depois me conta como foi...imagina, tudo de bom pra vc!!

Juliana Favoreto disse...

Bete, como vc está? Tudo bem com a sua recuperação?
Manda notícias! Tudo de bom prá vc. Bjs.

Bete Maia disse...

Oi Juliana estou bem graças a Deus, já me acostumando com os barulhos altos kkk, vou fazer um post contando tudo. Muito obrigada e tudo de bom pra vc tbem!! bjos.

Unknown disse...

Oi Bete. Sou mãe da Ana e ela descobriu a doença fazem 1 ano. Ela tem 19 anos e o médico deu a opção do aparelho ou cirurgia. Falou que em 96% dos casos a cirurgia é bem sucedida. Me preocupa os 4%. Por ela ser nova decidiu pela cirurgia, mas meu coração de mãe está angustiado. Gostaria de ouvir as opiniões no bloco e também sobre a cirurgia. Obrigada

Juliana Favoreto disse...

Ahh, legal!!
Essa parte de se acostumar com os barulhos altos é muito emocionante! Toda vez que leio um depoimento de uma pessoa falando de que o mundo é barulhento ou pedindo prá outra pessoa falar mais baixo ou diminuir o barulho da tv, me emociono...de verdade!! É muito bom!!
Bjs.

Bete Maia disse...

Sim Juliana é maravilhoso!!! bjos

Bete Maia disse...

Olá Unknown...mãe da Ana, quando eu descobri a otosclerose eu tbem poderia optar pela cirurgia ou aparelho, mas na época eu não tinha condições de comprar o aparelho decidi pela cirurgia, mas foi principalmente porque descobri através de depoimentos na comunidade de otosclerose do orkut que eu tinha convênio com o dr Andy, as pessoas falavam super bem dele, e pude comprovar tanto que operei os dois ouvidos com ele estou ouvindo muito bem, acho que além dela querer ela precisa confiar no médico dela. Boa sorte pra sua filha e me mande notícias.